FEUSP curso
IDENTIDADE DE GÊNERO E PSICANÁLISE: O sintoma trans em crianças e adolescentes

05/10/2017 - 07/12/2017
 
 


Ementa | Resumo:
IDENTIDADE DE GÊNERO E PSICANÁLISE: O sintoma trans em crianças e adolescentes. Coordenação de Leny Magalhães Mrech Professora Ministrante : Blanca Musachi, psicanalista, membro da EBP e AMP (Escola Brasileira de psicanálise e Associação Mundial de psicanálise). É uma proposta de seminário de frequência quinzenal para tratar a atualidade do que consideramos o sintoma trans em crianças e adolescentes. Hoje temos em vários países do mundo uma lei sobre a identidade de gênero que permite a mudança de identidade e facilita a via para as transformações no real do corpo. Mas desde quando se fala de problemas de gênero? como consideram as teorias do gênero a diferença sexual? Trata-se apenas da repartição dos sexos? Que dispositivo de saber se aplica, desde meados do século passado até hoje, na abordagem de crianças e adolescentes que consultam centros que tratam da chamada disforía sexual? Para a psicanálise desde Freud, a masculinidade ou feminilidade puras não são encontradas nem no sentido psicológico nem biológico. Para Lacan o homem e a mulher são valores sexuais. Questão de linguagem. Não se sabe o que é um homem, uma mulher.Com esse não saber nos viramos como podemos, na operação analítica e na vida. Então, por que falar de gênero em psicanálise? Abordaremos essas e outras questões a partir da bibliografia, entrevistas, vinhetas clínicas e material cinematográfico, distribuído em 8 encontros. 1) Freud, a sexualidade infantil e as trans-formações da puberdade 2) Nobody is perfect! : por que falar de gênero em psicanálise? 3) A diversidade e a diferença sexual questionada. Acolher o queer. 4) Sobre a evolução da noção de transexualismo 5) Identidade de gênero e corpo: As polêmicas sobre a re-asignação de sexo desde o famoso caso David/Brenda 6) Gênero, desejo e gozo. Impasses e soluções não standard para a sintomatização do sexual hoje. Vinhetas clínicas. 7) Crianças e adolescentes trans no Brasil. Notícias do Ambulatório de identidade de gênero e orientação sexual do HCSP. 8) Cirurgia lacaniana: “Os meninos e Guillaume pra mesa!” Para uma leitura da subversão lacaniana das teorias do gênero.



ementa

como chegar

programação | data e horário

inscrições online de 02/10/2017 a 04/10/2017

evento com inscrição gratuita

Inscrições: somente on line

realização

informações: leny.mrech@gmail.com

telefone para contato: (11) 3091-3574


Organização (responsáveis pelo Evento):
Leny Magalh‹es Mrech


Realização:
© 2012 - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (direitos autorais)
as informações veiculadas são de responsabilidade do Professor proponente (Leny Magalh‹es Mrech)