FEUSP seminários
Introdução à abordagem histórico cultural de Vygotsky e seus colaboradores

13/10/2010 - 16/10/2010
 
 


Ementa | Resumo:
Súmula/ementa: A obra completa de Vygotskis exprime a pergunta: o que podemos entender por “desenvolvimento”? Vygotskij tematiza o desenvolvimento a partir do contexto que, para ele, é a cultura. Isto significa que a sociabilidade é a segunda natureza do homem. Num modo radical e revolucionário ele propõe o seguinte problema: “como se pode pensar o processo do desenvolvimento do indivíduo e ao mesmo processo do desenvolvimento da sociedade como um conjunto, como um contexto dialético sem reduzir um processo ao outro?” Este problema se diferencia em diferentes perguntas: Como se pode pensar o processo de apropriação da cultura como um processo de criação da cultura? Como se pode pensar o processo de aprender como um processo de ensinar? Por que a concepção de desenvolvimento é uma teoria de educação? Escola e educação funcionaram como o centro de interesse para Vygotskij. Os grandes temas educacionais foram: a criatividade das crianças, o papel do brinquedo, a relação entre linguagem e pensamento, a relação dos conceitos quotidianos e científicos e a relação entre aprendizagem e desenvolvimento. No núcleo principal destes grandes temas estava a pergunta: “como e em que maneira se origina o novo na dialética entre desenvolvimento social e individual?” A atualidade do pensamento de Vygotskij pode consistir no que ele nos mostra de forma impressionante: um problema que é ao mesmo tempo um postulado, uma teoria sobre o desenvolvimento é sempre uma teoria sobre o futuro. Objetivos: - introdução ao pensamento de Vygotsky - discussão da relevância de Vygotsky para a educaçãoe para a Pedagogia Social - debates atuais da abordagem histórico-cultural Programa (conteúdo): - O paradigma da abordagem histórico-cultural - A vida de Vygotsky - O problema da mediação cultural - A concepção de desenvolvimento e a questão dos estágios - Vygotsky e a Pedagogia e a Pedagogia Soccial - Aprendizagem expansiva - uma concepção além de Vygotsky Método de trabalho (principais atividades): Exposição, trabalho em grupo, aula dialogada, seminários Procedimentos e/ou critérios de avaliação: Participação, produção de uma reflexão sobre a abordagem histórico-cultural Bibliografia recomendada: Obras de Vygotsky, Lurija, Leontiev VYGOTSKY, L.S. The psycology of art. Cambridge, Mass.: The M.I.T. Press, 1971. VYGOTSKY, L.S.: A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984. VYGOTSKY, L.S., Luria, A.R., Leontiev, A.N.: Linguagem desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Icone/Edusp, 1988. VYGOTSKY, L.S. Pensamento e linguagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1989. VYGOTSKY, L.S. Teoria e método em psicologia. São Paulo: Marins Fontes, 1996. VYGOTSKY, L.S. / Luria. A.R..: Estudos sobre a história do comportamento: o macaco, o primitivo e a criança. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996. LURIJA, A.R. Pensamento e Linguagem. As últimas conferências de Lurija. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986. LURIJA, A.R. Curso de psicologia geral. 4v. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979. LURIJA, A.R. Fundamentos de neuropsicologia. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos/Edusp. 1981. LURIJA, A.R. Yudovich, F.I.: Linguagem e desenvolvimento intelectual na criança. Porto Alegre: Artes Médicas, 1985. LURIJA, A.R. Desenvolvimento cognitivo: seus fundamentos sociais e culturais. São Paulo: Ícone, 1990. LEONTIEV, A.N. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte. 1978 a. LEONTIEV, A.N. Problems of the development of the Mind. Moscou:Progres Publisher 1981) LEONTIEV, A.N. Problem der Entwicklung des Psychischen. Berlin : Volk und Wissen 1971) LEONTIEV, A.N. Activiade, consciência y personalidade. Buenos Aires: Ciências del Hombre 1978 b Obras sobre a escola histórico-cultural CASTORINA, J. A. et al. Piaget - Vygotsky. Novas contribuições para o debate. São Paulo: Ática, 1996. De ASSUNÇÃO Freitas, M.T. Vygotsky e Bakhtin. São Paulo: Ática, 1995. JOBIM, Souza, S. Infância e linguagem. Bakhtin, Vygtsky e Benjamin. Campinas/SP: Papirus, 1995. KOHL de Oliveira, M. Vygotsky. Aprendizado e desenvolvimento. Um Processo socio-histórico. São Paulo: Scipione, 1993. LA TAILLE, Y. de et al. Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus , 1992. MOLL, Luís C. Vygotsky e a educação. Implicações pedagógicas da psicologia sócio-historica. Porto Alegre:Artes Médicas, 1996. RATNER, C. A psicologia socio-histórica de Vygotsky. Porto Alegre,: Artes Medicas, 1994. VAN DER VEER, R./ Valsiner, J. Vygotsky uma síntese. São Paulo: Edições Loyola , Unimarco, 1996. WERTSCH, J.V. / Alavares. Estudos socioculturais da mente. Porto Alegre: Artes Médicas. (em produção) WERTSCH, J.V. Vygotsky e a história social da mente. São Paulo: Marins Fontes, 1996.
Outras informações:
Os encontros serão todos na Sala 149 do Bloco B. Horário: das 8 às 12hs. O professor alemão ministrará as aulas em português.



ementa

como chegar

programação | datas e horários

a quem se destina

Período de inscrição encerrado

confira sua inscrição online (para quem já se inscreveu)

atualize dados da sua inscrição online (para quem já se inscreveu)

certificados de participantes ouvintes

certificados de comunicadores de trabalhos

evento com inscrição gratuita

Inscrições: somente on line

informações: kalil@usp.br

telefone para contato: 3091-3574

Texto para leitura prévia e obrigatória para todos os participantes.

Texto para leitura prévia e obrigatória para todos os participantes.



Organização (responsáveis pelo Evento):
Roberto da Silva
Área Temática Estado Sociedade e Educação
Bernd Fichtner


Realização:
© 2012 - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (direitos autorais)
as informações veiculadas são de responsabilidade do Professor proponente ( Roberto da Silva)